Game da Semana #23 – Dash till Puff

O game da semana dessa vez foi feito para dar muita raiva! Se você é do tipo de jogador masoquista que adorava apanhar de Flappy Bird se prepare, o game dessa semana fará o jogo do pássaro amarelo parecer fichinha. Misturando mecânicas simples com músicas eletrônicas, Dash till Puff vem com a proposta de testar […]

O game da semana dessa vez foi feito para dar muita raiva! Se você é do tipo de jogador masoquista que adorava apanhar de Flappy Bird se prepare, o game dessa semana fará o jogo do pássaro amarelo parecer fichinha.

Misturando mecânicas simples com músicas eletrônicas, Dash till Puff vem com a proposta de testar os reflexos (e o auto-controle para não arremessar o celular no chão) do jogador ao máximo.

2016-07-09 21.38.272016-07-09 21.37.13

As mecânicas do jogo são simples, basta tocar na tela do celular para executar uma ação. Estas ações variam dependendo da fase, podendo fazer com que seu personagem pule, quique, voe, etc. O objetivo do jogador é simples, desviar de todos os objetos e chegar no final da fase. Mas não se deixe enganar, completar essa tarefa (até mesmo nas fases mais fáceis) é para poucos, já que as fases mudam constantemente e muitas vezes o caminho que está traçado não serve pra te ajudar, mas sim para te atrapalhar.

O game também conta com conteúdo desbloqueável, que inclui novas skins e cores para seu personagem.

A arte do jogo é feita por formas geométricas simples, porém as cores e luzes compensam toda essa simplicidade de formas, ciando um ambiente bonito e muito condizente com o clima do jogo.

2016-07-09 21.38.142016-07-09 21.37.37

A música é o ponto forte do jogo. Se você curte músicas eletrônicas vale a pena arriscar a passar raiva com Dash till Puff. O game oferece músicas contagiantes e viciantes que passam a sensação de que talvez esse seja o foco do jogo (o estranho é que as fases não são sincronizadas com as músicas, o que é realmente uma pena).

“Review de merda! Nem falou que Dash till Puff possui continuações!”
Bem observado! Se você procurar na Play Store verá que existe um Dash till Puff 2 e outro jogo com ícone muito similar chamado Crazy Ball. Embora Crazy Ball seja bem parecido com o game dessa semana, sua qualidade gráfica não chega nem perto da de Dash Till Puff (sem contar que este foi feito por outra empresa). Quanto a Dash till Puff 2, ele é bem parecido com o primeiro, tirando o fato de possuir coletáveis, então não acho necessário falar muito dele.

2016-07-09 21.38.39 2016-07-09 21.39.14

Considerações Finais

Desafiante, com músicas viciantes e uma arte simples, porém bela, Dash till Puff é um game que vale a pena ser jogado em momentos casuais. Porém, devido ao seu alto grau de dificuldade, poucos jogadores aceitarão o desafio de jogar por várias horas ou tentarão chegar ao final do game. Por isso deixo aí o desafio para você: prepare seu fone de ouvido e tente concluir os desafios quase impossíveis do game da semana.

O game está disponível para Android e IOS. Você pode conferir o site de Dash till Puff clicando aqui.

 

Mande sua opinião, xingamento ou correção e a sua perguntinha. Pode mandar que a gente lê mesmo!

contato@ressacacast.com.br

Redes Sociais:

  • Dê um Follow no nosso Twitter: @RessacaCast
  • Nos curta no facebook: https://www.facebook.com/ressacacast
  • Se inscreva e favorite nosso youtube: https://www.youtube.com/channel/UCHzw_SqitFu8u5HSVb152BQ
  • ou mande um e-mail pessoal para cada um de nossos queridos membros:
    • Bruno – pinheiro@ressacacast.com.br
    • Pedro – javarotti@ressacacast.com.br
    • Artur – giardi@ressacacast.com.br
    • Alan – costa@ressacacast.com.br
    • Jeff – araujo@ressacacast.com.br

Entre em contato

Mande sua opinião, xingamento ou correção e a sua perguntinha. Pode mandar que a gente lê mesmo!

  • contato@ressacacast.com.br

Ou mande um e-mail pessoal para cada um de nossos queridos membros:

  • Bruno - pinheiro@ressacacast.com.br
  • Pedro - javarotti@ressacacast.com.br
  • Artur - giardi@ressacacast.com.br
  • Alan - costa@ressacacast.com.br
  • Jeff - araujo@ressacacast.com.br

Compartilhe esse podcast